PRA SUA EMPRESA        ESTABELECIMENTO        PRA VOCÊ        VENDA VR        SITE VR        CONTRATE

entregador_proprio_intermediario
entregador_proprio_intermediario
fade

Entregador próprio ou terceirizado? Veja como tomar a melhor decisão

Neste momento em que o volume de vendas no sistema delivery vem aumentando em quase todos os negócios, muitos empreendedores estão se perguntando qual a melhor maneira de realizar as entregas.

Claro que não existe uma resposta que funcione para todas as casas, mas diversos fatores devem ser levados em consideração na hora de decidir qual o formato de entregas mais indicado para o seu delivery.

Decidir o melhor caminho exige estudos e avaliações, mas um formato deve ser evitado a todo custo, que é o da informalidade. Utilizar entregadores contratados “por fora”, sem registro em carteira, e que também não contam com benefícios trabalhistas vinculados a uma empresa séria de entregas é um risco muito grande, tanto para o dono do negócio quanto para o entregador.

Isso porque, em caso de acidente, (e sabemos que, infelizmente, esta função oferece risco de acidentes graves), o profissional de entregas não terá os benefícios garantidos por lei, como afastamento remunerado pelo INSS durante o período de recuperação, por exemplo. E o dono do estabelecimento pode acabar tendo que arcar com todas essas despesas.

As vantagens e desvantagens de contratar seu entregador

Assim como seus garçons e atendentes são o ponto de contato entre seu estabelecimento e os clientes que visitam seu negócio, o entregador é a “cara” do seu negócio quando falamos de delivery. Portanto, pode ser uma ótima ideia ter alguém fixo, que acabe conhecendo bem sua operação, seus produtos e até mesmo seus clientes mais frequentes. Por outro lado, todo empresário sabe do custo alto que é manter um entregador contratado em regime de CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas). Ainda mais porque, via de regra, os entregadores colocam um item pessoal, sua moto, à serviço da empresa, então é normal que se combinem verbas para combustível e manutenção dos veículos, que também devem ser computadas na hora de fazer a conta de qual a melhor maneira de fazer suas entregas.

E se esse modelo não funcionar para meu negócio?

Os outros formatos a serem avaliados são a contratação de uma empresa terceirizada para as entregas ou ainda usar os entregadores das plataformas de delivery existentes no mercado. A principal vantagem de uma empresa terceirizada é que você não precisa se preocupar com a escala dos entregadores, eventuais faltas ou problemas mecânicos com o veículo do seu entregador, já que estas preocupações ficam para o gestor da empresa de entregas. Fica mais fácil também calcular o seu custo, já que você saberá exatamente quanto cada entrega vai custar, dependendo da sua negociação com a empresa.

Por último, avalie a possibilidade de contar com entregadores das próprias plataformas de delivery, se você utilizar este serviço. Este sem dúvida é o jeito mais prático de realizar suas entregas, mas além da burocracia muitas vezes encontrada para se cadastrar nestes serviços, as taxas, que podem passar dos 30% do valor do pedido, muitas vezes inviabilizam esse tipo de operação.

Agora que você já sabe quais as características de cada modelo de entregas para seu delivery, veja qual mais atende suas expectativas, faça as contas de qual a opção é mais viável dentro da sua realidade e boas vendas!

Se você ainda não aceita VR, seja nosso parceiro clicando aqui.

Receba o conteúdo em primeira mão: