PRA SUA EMPRESA        ESTABELECIMENTO        PRA VOCÊ        VENDA VR        SITE VR        CONTRATE

vr_capa_restaurante_planilhas_01
vr_capa_restaurante_planilhas_01
fade

Controle de custos: tudo o que você precisa saber

Só mesmo quem já esteve por trás de um balcão pode dizer a quantidade de tarefas e a atenção necessárias para fazer as contas do estabelecimento fecharem no azul no final do mês.

São tantos detalhes envolvidos na operação que, sem a organização adequada, fica praticamente impossível controlar as contas do seu restaurante.

Desde a pesquisa de preços dos insumos até a hora de levar o prato na mesa do cliente – ou então enviar pelo delivery- muitos são os possíveis ralos de dinheiro de um estabelecimento que trabalha com alimentos.

Veja a seguir algumas dicas para controlar melhor as contas do seu restaurante, evitar desperdícios e fazer sobrar aquele dinheiro a mais no final do mês.

  • Ficha técnica: Já comentamos neste artigo como fazer e a importância desta ferramenta nas operações de alimentos. Controle de custos, padronização dos pratos servidos aos clientes e diminuição do desperdício são algumas das vantagens de manter suas fichas técnicas sempre atualizadas.
  • Lista de compras: Outro documento muito importante para seu negócio é a lista de compras. Em uma planilha, organize todos os insumos que você utiliza em seu restaurante. Do detergente ao refrigerante, do filtro de café até o papel da impressora do escritório. Tudo precisa ser listado para que você possa “bater” seu estoque (ou seja, checar todos os itens armazenados) e saber o que e quanto precisa comprar naquela semana, evitando ficar super estocado de alguns itens e deixar outros acabarem.
  • Lista de fornecedores: Para organizar a cotação dos pedidos, mantenha sempre organizada uma lista de fornecedores. Separe por temas (hortifruti, secos, bebidas, etc…) e mantenha contato frequente com os principais deles para ficar sabendo de eventuais promoções.
  • Controle de estoque: Também já tratamos deste assunto em detalhes neste artigo aqui do Blog. O responsável pela administração do negócio, seja ele o dono ou um gerente geral, devem acompanhar cada passo dos insumos dentro do restaurante. Acompanhar o momento do recebimento, checar a qualidade, quantidade e peso dos itens, se certificar que todos os insumos são armazenados corretamente e controlar o desperdício durante o processo de preparação dos alimentos são tarefas fundamentais para controlar as contas de seu restaurante.
  • Controle de recebimento: O momento de receber as mercadorias é um dos mais sensíveis para o controle de custos. Fornecedores, por erro ou má fé, podem entregar produtos a menos do que foi cobrado na nota e, uma vez que você receber a mercadoria e assinar o recibo, não poderá fazer muita coisa. Produtos perto da data de vencimento também são armadilhas frequentes, por isso vale atenção redobrada a este ponto na hora de receber seus insumos.
  • DRE : O “demonstrativo do resultado do exercício”, é a “planilha mãe” de qualquer negócio. É este documento que vai dizer, no final do mês, se seu restaurante deu lucro ou prejuízo. Nele, você vai registrar todas as saídas do caixa, separadas por tema. Gastos com pessoal, com insumos, o aluguel, as contas de consumo e despesas comerciais. Tudo organizado para que você possa programar suas finanças e, além disso, evitar sustos. Quanto mais organizadas estiverem as informações de seu negócio, mais fácil será o processo de tomada de decisão. Além disso, ao “enxergar” melhor cada um de seus gastos, você poderá organizar planos de ação para melhorar cada uma das “linhas” de seu DRE.

Receba o conteúdo em primeira mão: