PRA SUA EMPRESA        ESTABELECIMENTO        PRA VOCÊ        VENDA VR        SITE VR        CONTRATE

VR_blog_como_montar_um_curriculo_capa_01
VR_blog_como_montar_um_curriculo_capa_01
fade

Currículo profissional: destaque suas habilidades e consiga a entrevista

Diante do cenário onde tudo acontece virtualmente, fazer entrevistas de emprego e conversar com recrutadores se tornou um desafio. Apesar disso, o currículo profissional pode ser uma boa solução e um jeito eficiente de despertar interesses pelas suas habilidades.

Enquanto o mundo vem se desdobrando para criar novas conexões sem o contato físico, candidatos às vagas de emprego vêm tentando criar novas soluções para surfar o movimento de contratação à distância.

A falta daquela pré-entrevista, quase uma espécie de triagem, na qual é possível falar sobre seus objetivos, precisou ser suprida por um currículo profissional bem elaborado. Ou seja, já que pulamos uma etapa ao evitar a entrega presencial, ficou à mercê do famoso CV dar conta do recado e apresentar bem quem está no papel.

Afinal, como elaborar um bom currículo profissional?

Antes de começar a escrever, considere passar um tempo entendendo de fato qual é o seu objetivo. Esta pesquisa aponta que criar um CV e usar para todas as vagas pode ser um péssimo negócio. Por isso, saber que tipo de vaga você está procurando é importante para saber se comunicar pelo currículo profissional.

Desta maneira, você consegue direcionar a estrutura e mostrar suas principais habilidades, cativando seu recrutador.

Depois disso, hora de exercitar a empatia! Acredite, colocar-se no lugar de quem recebe o seu CV fará a diferença para criar um currículo profissional direto e claro.

Destaque de maneira precisa sua área de atuação e não confunda o espaço com cargo pretendidos. Neste campo, informe a empresa sobre o setor do mercado de trabalho no qual você atua.

Costurado a ela, faça um resumo das suas habilidades e qualificações. Ou seja, descreva de um jeito resumido as atividades que você exerce. Dê preferência aos pontos que podem ser vistos como diferenciais e aqueles que você acredita desempenhar com excelência.

Também vale dedicar um tempo para caprichar no descritivo da sua experiência profissional. Este é um dos campos mais importantes do seu currículo. Sendo assim, entram aqui as últimas empresas, cargos ou atuações mais relevantes. Organize-as sempre da mais atual para a mais antiga. É preciso colocar o nome da empresa, período de trabalho, cargo ou função e, então, descrever a atividade.

Além disso, apresente a sua formação, cursos e atividades de especialização. Isso ajuda a mostrar seu nível de conhecimento.

Insira: tipo de curso (superior, bacharel, tecnólogo, ensino médio), nome do curso, escola ou instituição de ensino, local e período de duração.

Vale compartilhar experiências em outros estados ou países, participação em eventos e prêmios em uma área separada para evitar que a lista fique muito longa.

Revise o seu currículo e fique de olho na ortografia!

Por fim, não se esqueça de olhar os pequenos detalhes. Afinal, este é o primeiro contato entre você e a empresa. Se os erros aparecerem, você começa perdendo pontos.

Então, não cometa erros de ortografia. Atente-se à escrita, linguagem e pontuação. Também pense sobre o formato utilizado. Para áreas mais criativas, aposte em complementar com portfólios. Em casos de cargos mais administrativos, procure ser sucinto e transparecer seriedade.

Enfim, a dica geral: simplicidade vale ouro! Por maior que seja seu currículo profissional, vale mais uma pequena, mas ótima apresentação, do que muitas páginas que pouco dizem sobre você.

Receba o conteúdo em primeira mão: