PRA SUA EMPRESA        ESTABELECIMENTO        PRA VOCÊ        VENDA VR        SITE VR        CONTRATE

vr_capa_concorrencia_16
vr_capa_concorrencia_16
fade

Análise de concorrência: dicas e ideias para não ficar para trás

A análise de concorrência deve ser feita para acompanhar os comércios vizinhos e ajudar na identificação das necessidades dos clientes. Esta é uma dica de ouro para todo tipo e porte de estabelecimento, seja ele grande ou pequeno, novo ou tradicional.

Assim, seu estabelecimento se mostra um ambiente dinâmico, moderno e que entende o que seu público gosta.

As análises de concorrência podem ser feitas sob várias óticas, respondendo uma série de perguntas. Você pode começar entendendo o que há de diferente nos estabelecimentos ao seu redor. E vale a dica: você pode estender sua atenção a comércios de ramos diferentes.

Entender o comportamento do seu consumidor também é um ponto que merece um olhar especial. Estamos carecas de saber que o modo como consumimos produtos, bens e serviços mudou completamente. Por isso, seguir as novas exigências do seu público é um ponto imprescindível para não ficar para trás.

Vamos ao que interessa, o que mais precisa ser notado na hora de analisar a concorrência?

Além do que foi dito acima, outros aspectos não podem ficar de fora e devem seguir a lógica da nova economia. Afinal, neste cenário, quem manda na nossa forma de produzir e trabalhar é o cliente.

Eduardo Glitz, Marcelo Maisonnave, Pedro Englert indicam em “Empreendedores, agilidade, resultados, cultura de dono e um negócio capaz de revolucionar o mercado”, (Editora Gente) que neste novo mundo “os modelos atuais têm a obrigação de estar na ponta final. O cliente é o sensor. É a força magnética que puxa toda a capacidade de inteligência de sua companhia”.

Sendo assim, as tendências gastronômicas fazem jus às transformações que vêm surgindo nos últimos anos em restaurantes, bares e lanchonetes. Por isso, atreladas a elas, estão as mudanças no cardápio que devem fazer parte da sua análise de concorrência.

Menus com opções veganas, vegetarianas, sem glúten, low-carb, alimentos orgânicos e outras estão em alta já fazem parte do estilo de alimentação de muitas pessoas. Por isso, vale conversar com seus clientes, entender se isso faz sentido para o seu negócio e, então, fazer o que for preciso para atendê-los.

Pensar em promoções e ofertas especiais para aplicativos de delivery, caso você trabalhe com isso, também é uma boa ideia. Não é preciso apenas baixar o valor dos pratos. Sendo assim, vale brincar com a criatividade e pensar em combos especiais, sobremesas grátis, descontos para próximas compras. Desta maneira, você mostra que tem preço para acompanhar a concorrência e cria novas estratégias de fidelização também.

O mundo digital também entra na sua análise de concorrência!

Por último e, claro, não menos importante, vem a sua presença na internet. Afinal, a análise de concorrência não pode deixar de lado a comunicação. Pensar em uma linguagem clara, simples e que gere conexão com seu público-alvo é muito importante para consolidar a sua marca nas mídias sociais.

Por fim, vale considerar a frequência de postagens, a estética e qualidade das fotos e a sua página de forma geral. Passe aquele pente fino no seu perfil, veja se as pessoas encontram seu negócio com facilidade na internet e potencialize a sua análise de concorrência.

Receba o conteúdo em primeira mão: