O mercado da alimentação fora de casa é um dos setores que mais cresce na economia brasileira. Segundo pesquisa, o segmento teve uma alta de 3,5% em 2018. Esses são números promissores para os donos de estabelecimentos, mas, ao mesmo tempo, também reforçam a necessidade de encontrar formas de superar a concorrência. Além de um atendimento de primeira, o cardápio semanal para restaurante precisa ser diversificado e atraente.

Afinal de contas, quem sai para comer fora, — seja no dia a dia de trabalho, seja para vivenciar momentos de lazer —, espera por algo saboroso, como um buffet com variedades, opções de bebidas, enfim.

Como tudo isso conta muito para a satisfação do cliente, mostraremos, neste post, como preparar um cardápio semanal para restaurante de modo a potencializar as vendas do seu estabelecimento. Acompanhe!

A importância de um cardápio bem elaborado

Cerca de 25% da renda dos brasileiros é gasta em alimentação fora do lar, o que abre um grande leque de oportunidades para empreendimentos do ramo alimentício. Você, dono de restaurante, certamente se beneficia com dados tão satisfatórios como esse! No entanto, assim como dissemos logo no início, a competitividade no segmento não fica por baixo.

Para se manter no mercado, é necessário contar com diferenciais que coloquem o seu restaurante em destaque. Pense bem: quando uma pessoa vai a um estabelecimento do tipo, ela procura ser bem atendida e, é claro, bem servida com uma comida variada. Quando o cardápio semanal cai na mesmice, as chances de que o consumidor acabe se enjoando de ver sempre as mesmas opções de alimento no buffet a kilo são grandes.

Com isso, perdem-se clientes e o rendimento do negócio, diminui. Você definitivamente não quer que isso aconteça, correto? Por isso, preparar um cardápio semanal para restaurante que atraia o consumidor e faça com que ele continue sempre voltando é uma estratégia que traz resultados eficazes.

Melhores dicas para desenvolver cardápio semanal para restaurante

Acima, vimos como é importante pensar bem no cardápio semanal para restaurante, de modo que não vire rotina servir sempre os mesmos alimentos, preparados da mesma forma. Por outro lado, entendemos que essa não é uma tarefa tão simples assim — e você sabe disso melhor do que ninguém, não é?

Para ajudá-lo nessa missão, reunimos abaixo algumas dicas importantes. Vamos conferir?

Esteja a par das tendências culinárias

Nos restaurantes a kilo (self-service), os cardápios semanais têm um fator comum: servir, para o almoço, o quarteto tradicional — arroz, feijão, carne e salada. Não há nada de errado, afinal, é essa a alimentação típica do brasileiro. No entanto, isso não significa que você tenha que apostar sempre nas mesmas preparações.

Uma dica, aqui, é estar a par das tendências culinárias. Com o boom dos programas de competições gastronômicas, o brasileiro viu que é possível usar os alimentos do dia a dia para preparar receitas incríveis. Como dono de restaurante, você não pode deixar essa oportunidade passar.

Explore variedades

Lembra do quarteto tradicional que citamos? Então, você pode — e deve — explorar variações para sair da rotina. Tem gente que não abre mão do arroz branco, e você também não precisa abrir. No entanto, oferecer diferentes modos de preparação (como à grega, integral, com alho, carreteiro etc.) ao longo da semana é uma ótima ideia.

O mesmo vale para o feijão, que, além do tradicional, pode ser feito como tutu mineiro, feijão tropeiro ou feijoada. Uma prática comum em restaurantes a kilo é fazer um dia para a feijoada, geralmente, às sextas-feiras. Para diferenciar, além dos acompanhamentos tradicionais, inclua opções variadas de farofa: de ovos, com bacon, entre outras.

Para as carnes, as possibilidades são inúmeras. O bife de boi pode, um dia, ser acebolado, no outro, à milanesa, e assim por diante. O frango é outro queridinho dos brasileiros, e as opções de cortes estão a seu favor. Bife grelhado, asinhas, strogonoff… já deu para ter uma ideia, não é? O mesmo vale para peixes, cortes suínos, linguiças, etc.

No almoço, o brasileiro aprecia muito o carboidrato para dar sustância ao longo do dia. Você pode explorar variações como lasanha, nhoque, tipos de macarrão, — penne, talharim, espaguete etc —, molhos vermelhos, brancos, de quatro queijos. Monte o seu cardápio semanal para restaurante com essas dicas e conquiste o cliente pela boca!

Atraia públicos específicos

Ah, e não podemos deixar de lado o público que não consome alimentos de origem animal. O nicho vegetariano e vegano está em alta, e integrá-lo em seu restaurante é uma maneira estratégica de atrair consumidores. Sendo assim, invista nas saladas variadas (árabe, mediterrânea, crua, tropical) e traga legumes crus ou cozidos a vapor variados ao longo da semana, além de acompanhamentos como purê de batata ou mandioca, batata frita, panqueca low carb, entre outros.

Diversifique as opções de bebidas

Há pessoas que não consomem bebidas enquanto se alimentam, mas já para outras, é impossível almoçar sem ingerir algum tipo de líquido. O seu restaurante quer trazer para o cliente aquilo que ele procura, então, monte um bom cardápio de bebidas de modo a agradar ao máximo o consumidor.

Além dos refrigerantes e da água, para cada semana, escolha um “suco do dia”, que pode estar em promoção — outra oportunidade estratégica de fidelizar clientes. Saiba aproveitar as frutas da época, o que facilitará a montagem do cardápio e a aquisição dos produtos. Além disso, não deixe de servir os mais tradicionais, como laranjada, limonada, de uva, de maracujá, abacaxi com hortelã, entre outros. O ideal é que sejam feitos na hora.

Inclua sobremesas diferentes

Algumas pessoas não dispensam um docinho depois do almoço. Para fazer com que esse cliente não saia do seu restaurante e vá até outro estabelecimento comprar uma sobremesa, inclua no buffet a kilo opções de doces diferentes. Você também pode usar a tática de um para cada dia da semana.

Algumas ideias interessantes são:

  • pudim de leite condensado;
  • salada de frutas da estação;
  • banana flambada;
  • bolos e tortas de diferentes sabores;
  • brigadeirão.

Aqui, uma dica de sucesso e que, com planejamento, não compromete o orçamento do seu restaurante, é disponibilizar uma mesa com o bom e velho cafezinho e rapaduras ou doce de leite picadinhos em pedaços pequenos, para consumo à vontade após o almoço. Essa é outra boa maneira de se destacar da concorrência e reter o público.

Cuidados essenciais para obter sucesso

Para concluir, veja abaixo algumas dicas de administração de restaurantes que devem ser colocadas em prática ao longo da elaboração do cardápio:

  • analise o público do restaurante e suas preferências. Isso pode ser feito por meio de pesquisas de satisfação ou com o auxílio de uma consultoria de marketing;
  • mantenha o controle do orçamento do restaurante, escolhendo bons fornecedores e adotando métodos eficientes de compras, sempre verificando a qualidade dos alimentos e os prazos de expiração;
  • tenha um controle de estoque e programação de compras, para não acabar perdendo produtos ao adquirir além da conta. Compre em mais quantidade produtos não perecíveis (arroz, feijão, massas industrializadas etc) e, a cada dois dias, as carnes, verduras e legumes;
  • confira o estoque todos os dias pela manhã para verificar se há algum produto em falta.

Um cardápio semanal para restaurante diversificado e bem planejado é importantíssimo para potencializar as vendas do seu estabelecimento, afinal, quem não gosta de comer bem, certo? Sendo assim, além do atendimento e da infraestrutura, organize-se e busque trazer variedade para o consumidor. Essa é uma das melhores formas de captar e reter clientes.

E você, como prepara o cardápio semanal do seu restaurante? Tem mais alguma dica que deveria estar inclusa em nossa lista? Deixe agora mesmo o seu comentário abaixo!