Acordar cedo, ir para o trabalho, responder e-mails, atender ligações, resolver pendências… são tantos os afazeres do dia a dia que conciliar carreira e família parece uma tarefa impossível.

A verdade é que, para nos sentirmos bem e completos, é fundamental saber fazer uma boa divisão do nosso tempo para aproveitar todas as coisas importantes. É claro que trabalhar é fundamental para a subsistência — quando se faz o que gosta, inclusive, trata-se até mesmo de uma atividade prazerosa — e, quando existe a dedicação com a carreira, é possível obter grandes realizações.

Todavia, não é nada saudável deixar de lado a família, que é a nossa base social e onde buscamos e damos apoio àqueles que amamos. Para mostrar a importância desse equilíbrio e como é possível mantê-lo, criamos este post. Confira!

Como o desequilíbrio entre o pessoal e o profissional afeta a saúde

Não manter um equilíbrio entre a vida pessoal e a profissional faz com que você perca muitas coisas — como momentos únicos com as pessoas que você ama e, até mesmo, a sua saúde. São várias as condições derivadas do excesso de trabalho e da falta de um descanso para a mente e para o corpo. A seguir, separamos algumas delas:

Transtornos mentais

Transtornos como depressão e ansiedade — além da síndrome de Burnout, sobre a qual falaremos a seguir — são desenvolvidos com frequência em pessoas que não conseguem manter o equilíbrio entre o profissional e o pessoal, correspondendo a umas das principais causas de afastamento do trabalho. Nesses casos, é fundamental procurar ajuda profissional o quanto antes.

Síndrome de Burnout

A síndrome de Burnout, mal que já atinge cerca de 30% dos brasileiros e 4% da população mundial — segundo a International Stress Management Association (ISMA) — corresponde ao estado de exaustão física, mental e emocional causado pelo estresse prolongado vindo do trabalho.

São vários os fatores que podem servir de gatilho para essa situação, como uma rotina desgastante, falta de equilíbrio entre carreira e família, problemas de relacionamento interpessoal, ambiente de trabalho inadequado, insatisfação, desvalorização, sobrecarga e outros.

Insônia

A insônia pode ter como uma de suas principais causas o estresse excessivo. Quando se passa o tempo todo pensando em trabalho e não se dá a devida importância ao lazer e aos momentos com a família, nosso corpo se torna cada vez menos propício a ter um sono reparador.

Como conciliar carreira e família

Gerencie bem o seu tempo

Por mais óbvio que isso possa soar, é necessário ter bem definidos os tempos dedicados ao trabalho e os momentos livres para lazer, descanso, família e cuidados com a casa. Infelizmente, algumas empresas ainda veem a prática de misturar a vida pessoal com a profissional como algo normal e inofensivo, o que resulta em funcionários exaustos mental e fisicamente, mas que estão sempre de plantão — muitas vezes sem ao menos receber adicionais por isso.

A verdade é que poucas situações do trabalho são emergenciais e não podem esperar até a manhã seguinte. Por isso, quando estiver em casa, evite abrir e-mails e responder ligações profissionais. Isso é um direito seu e vai tirar um grande peso das suas costas, acredite.

Organize-se para otimizar os momentos em família

Se o seu cônjuge e seus filhos também forem pessoas ocupadas, é interessante coordenar a agenda de todos para que possam sempre passar alguns momentos juntos. Sempre que possível, veja se podem dar carona um ao outro ou se encontrar depois de seus afazeres para algum programa especial, como comer fora ou ir ao cinema.

Além disso, você pode fazer com que situações cotidianas se tornem pequenos momentos em família. Se estiverem parados no trânsito, por exemplo, guarde o celular e converse com eles sobre assuntos leves. Pergunte como foi o dia de todos e demonstre interesse. É importante aprender a tirar o melhor de cada minuto, por mais banal que ele seja.

Aproveite bem os dias de folga

Aqueles que não precisam encarar o expediente aos fins de semana devem saber aproveitar ao máximo esses dois dias, se desligando completamente das obrigações do trabalho. Já os que têm jornadas diferentes de trabalho devem tentar fazer o mesmo com os dias nos quais estiverem de folga.

É necessário frisar que não estamos falando somente de sair com a família e fazer programas fora de casa — é claro que isso também é importante e prazeroso, mas não é a única forma existente de lazer.

Alguns momentos simples, mas planejados com carinho, podem ficar na memória de todos da família, que certamente vai querer repetir a dose. Uma ideia simples e eficaz é assistir a um filme durante uma tarde de sábado, com direito a vários petiscos gostosos.

Uma sexta à noite de jogos de cartas e tabuleiros é outra sugestão que costuma entreter e agradar a muitos. Ao longo dos dias da semana, o simples ato de assistir a um programa de televisão ou jantar na companhia da família já faz diferença.

Dedique tempo aos seus hobbies

Com tanto tempo dedicado exclusivamente ao trabalho, onde foram parar as coisas que você gostava e tinha o hábito de fazer, mas agora nem se lembra mais? É fundamental saber dividir o seu tempo também com atividades que realmente lhe dão prazer, como uma corrida matinal, testar novas receitas, ler livros, tocar algum instrumento…

Isso porque, para conciliar carreira e família, é preciso também fazer coisas que façam você feliz individualmente e que tragam mais sentido à sua vida. Estando satisfeito consigo mesmo, fica mais fácil espalhar felicidade àqueles que o rodeiam e, até mesmo, motivar um familiar a explorar esse novo hobby com você.

Crie metas para seu tempo em família

Assim como existem metas na empresa, você também pode criar algumas metas para conciliar carreira e família. Mas calma! Nada de estipular tarefas que se tornem outras obrigações entre as tantas que você já tem. Pense em coisas que realmente deseja fazer e coloque-as em ação.

Como foi possível perceber, conciliar carreira e família envolve um exercício constante de organização e autoconhecimento. O mais importante de tudo é ter em mente que esse equilíbrio entre casa e empresa é indispensável tanto para o profissional e seu próprio bem-estar — evitando problemas como os que já listamos — quanto para aqueles que o amam e querem sempre o seu sucesso.

E você, o que tem feito para conciliar carreira e família? Já colocou em prática alguma dica do artigo? Compartilhe conosco as suas experiência sobre o tema deixando um comentário no post!