Na estrutura de uma empresa, o chamado capital humano é um dos principais pilares para seu crescimento e consolidação. Por esse motivo que criar um ambiente que estimule produtividade, bom relacionamento e engajamento é fundamental. E, nesse sentido, ferramentas como o eNPS podem ajudar a melhorar o desempenho do seu time.

Para quem não conhece, o chamado NPS é um formato de pesquisa adotado por empresas para medirem os índices de satisfação de seus clientes. Pensando também na importância do público interno de um negócio, o eNPS surgiu como uma grande tendência do setor de Recursos Humanos, usado para mensurar o engajamento de funcionários.

Neste artigo, apresentaremos o que é, qual a importância do eNPS e como melhorar a média da sua empresa. Além disso, falaremos também sobre os índices de satisfação que essa pesquisa aponta. Confira!

O que é eNPS?

O NPS é uma ferramenta que, inicialmente, foi criada para medir o grau de satisfação dos clientes de uma empresa. Aproveitando esse fundamento, foi criado o Employer Net Promoter Score, ou apenas eNPS, que busca mensurar como está o nível de contentamento dos funcionários de uma empresa.

De maneira geral, os resultados obtidos com o eNPS apresentam um panorama de engajamento de uma equipe, pois a métrica busca analisar três aspectos centrais: qual a visão da empresa enquanto local de trabalho; o olhar para a liderança de equipe; e como os funcionários veem os produtos ou os serviços da empresa.

Qual sua importância para uma empresa?

Ainda que muitos gestores de RH não invistam em pesquisas de satisfação, criar métricas para analisar como seus funcionários veem a sua empresa é fundamental para gerar melhorias cotidianas. Entre elas, por exemplo, o aumento da produtividade da sua equipe e até mesmo identificar quais os funcionários são detratores do seu empreendimento.

Confira a seguir importantes motivos para você adotar o eNPS na sua empresa:

Identificar quem são os detratores da sua empresa

Muitos empresários nem imaginam que dentro de suas equipes existem funcionários tão desgostosos que atuam como verdadeiros detratores. São aqueles colaboradores que aproveitam todas as oportunidades para falar mal do chefe, do trabalho, do salário. Podendo, inclusive, influenciarem negativamente outros colaboradores do time.

Contudo, ao aplicar uma pesquisa como o eNPS, a empresa cria a oportunidade de trazer melhorias para algumas das queixas apontadas por esses detratores. Mais do que identificar quem está insatisfeito, essas ferramentas permitem aprimorar problemas que nem sempre são tão claros para as pessoas.

Além de criar soluções para questões existentes, criando um ambiente mais amigável para todos os membros de uma equipe, você poderá converter a visão negativa desses funcionários.

Criar metas para a equipe de RH

Ter um setor de RH preocupado em escutar e solucionar questões apontadas pelos colaboradores é essencial para o desenvolvimento empresarial. Essa prática permite ainda que os gestores de Recursos Humanos estabeleçam metas mais reais para suas equipes.

Quando uma empresa realiza pesquisas periódicas de satisfação, ela consegue identificar quais as dificuldades enfrentadas por seus colaboradores e propor soluções para o cotidiano do time. Com isso, o próprio departamento de Recursos Humanos poderá desenvolver objetivos mais palpáveis a essa realidade.

Resolução de conflitos internos

Conviver em um coletivo não é tarefa simples, e os conflitos são naturais quando estamos nessa conjuntura. No entanto, essas desavenças não devem ser ignoradas, mas sim detectadas e solucionadas antes que um pequeno atrito se torne um grande problema dentro da sua empresa.

Em muitos casos, essas questões são mascaradas no dia a dia, mas uma pesquisa de satisfação interna pode apontar esses conflitos. Para os gestores de RH, ter informações sobre essas divergências ajuda a criar métodos de gerenciar os atritos dentro de uma equipe, propondo soluções conjuntas que visam selar a paz dentro da empresa.

Melhorar a produtividade da equipe

É comum dentro do dia a dia de um negócio que uma equipe encontre dificuldades, muitas metas a serem cumpridas e situações para lidar. E é pensando em melhorar o desempenho individual e coletivo de seus funcionários, que uma pesquisa de satisfação é importante no cotidiano empresarial.

Esse recurso, quando usado de forma correta, pode agrupar as informações necessárias para que os gestores transmitam mais confiança aos seus funcionários e, consequentemente, trazendo mais engajamento para a equipe.

Criar lideranças mais confiantes

Uma das premissas do eNPS é entender como uma equipe enxerga as figuras de liderança dentro daquela estrutura empresarial. Nesse momento, podemos descobrir se os funcionários veem seus gestores como bons líderes que apoiam o desenvolvimento, ou se eles são vistos como figuras autoritárias e engessadas.

Sabendo qual a visão de um time para as lideranças da empresa, é possível corrigir posturas e estreitar o relacionamento com os funcionários, gerando mais confiança e sintonia no ambiente de trabalho.

Como medir o eNPS na sua empresa?

Antes de tudo, para aplicar o eNPS em seu negócio é importante explicar a importância desse método para o desenvolvimento da empresa e reforçar a necessidade da participação de todos nesse processo. Inclusive, os resultados só serão satisfatórios quando tivermos uma grande adesão dos funcionários.

Em seguida, os responsáveis deverão analisar quais questões desejam entender com a aplicação do eNPS. É fundamental definir um foco para essa análise e se atentar às perguntas feitas no questionário. É essencial desenvolver perguntas objetivas e que sejam condizentes com o foco principal da pesquisa.

Após definir esses primeiros passos, será possível aplicar o eNPS entre seus funcionários e o departamento de RH poderá avaliar os resultados obtidos.

Quais os índices de satisfação gerados pelo eNPS?

Além de apresentar aos gestores um panorama de como seus funcionários enxergam sua empresa, as lideranças e os produtos ou serviços prestados por ela, o eNPS permite identificar qual o índice de engajamento e satisfação de cada colaborador.

Em uma escala de 0 a 10, você poderá entender se a sua equipe está motivada e satisfeita ou se os seus funcionários atuam como detratores da sua empresa.

Entenda os índices de satisfação gerados pelo eNPS:

0 a 6: detratores da empresa

Funcionários desacreditados, acomodados e que não compartilham da missão e cultura de uma empresa. Esses são os ditos detratores apontados pelo eNPS.

Esses colaboradores devem ser identificados e monitorados de perto, para que esse cenário seja revertido. Caso contrário, ele pode trazer problemas sérios para um negócio, como um atendimento ruim, baixa produtividade, criar inimizades e espalhar uma imagem negativa dentro e fora da empresa.

7 a 8: elementos neutros

Esses colaboradores são considerados neutros, aqueles elementos parciais dentro da empresa. Normalmente, esses membros não são cem por cento leais a sua empresa e eventualmente possuem divergências em relação a ela.

Por estarem literalmente na média, é importante monitorar esses indivíduos. Identifique suas dificuldades e divergências com o intuito de torná-lo um promotor e não um detrator da sua empresa.

9 a 10: promotores da empresa

Esses são aqueles funcionários que realmente vestem a camisa da sua empresa. São motivados, leais e têm o poder de gerar engajamento entre o restante da equipe.

Ter em sua equipe colaboradores mais dispostos é uma das grandes vantagens de adotar um mecanismo capaz de entender o grau de contentamento dentro da sua empresa, como o eNPS. Além de melhorar seu desempenho, quando temos um time engajado os funcionários estão mais suscetíveis a recomendar seus serviços para outras pessoas.

E você, o que achou do nosso artigo? Quer saber mais sobre Recursos Humanos? Confira nosso texto sobre métricas de RH e entenda mais sobre o assunto!