Uma marca para alcançar o sucesso precisa ficar atenta a diversos aspectos. Dentre eles, está o relacionamento com as empresas que prestam serviços para você, pois elas serão responsáveis por apoiar estrategicamente o negócio, como no fornecimento de vantagens aos seus colaboradores. Porém, como saber se escolheu bem o fornecedor de benefícios?

A concessão de vantagens aos colaboradores não pode ser vista apenas como uma bonificação, complementação salarial ou forma de cumprir exigências legais ou acordos coletivos de trabalho. Os benefícios são instrumentos importantes para motivar e estimular funcionários, além de ser um diferencial estratégico para a contratação e retenção de talentos.

Falhas no processo de pagamento ou distribuição desses benefícios podem gerar insatisfação e descontentamento na sua equipe, o que impactará diretamente o desempenho do negócio e o seu potencial produtivo. Por isso, é necessário ter certeza de que você pode contar com fornecedores eficientes.

Nos próximos parágrafos vamos explicar o que deve ser observado para entender se escolheu bem ou não o fornecedor de benefícios. Confira!

Atendimento rápido e eficaz

Existem dois aspectos importantes que devem ser avaliados quando o assunto é o atendimento do fornecedor de benefícios. Primeiro, é preciso avaliar se a concessão ou pagamento do benefício acontece dentro dos prazos combinados, nos valores exatos e sem causar nenhum constrangimento ou problema para os seus colaboradores.

Segundo, é certificar-se de que existe uma assistência técnica eficiente e ágil que consiga solucionar as suas demandas sempre que precisar. Lembre-se que sempre há possibilidade de que aconteça algum problema ou imprevisto que possa prejudicar o fornecimento das vantagens aos seus funcionários.

Qualidade do serviço

A qualidade do serviço de um fornecedor vai além da entrega do trabalho dentro do prazo e de um trabalho de assistência técnica eficiente. Também leva em consideração o valor que os benefícios possuem e a maneira como eles podem ser usados e aproveitados pelos seus trabalhadores.

Imagine a seguinte cena: você fornece um vale-alimentação ou vale-refeição, porém, eles não são aceitos pela maioria dos estabelecimentos. Ou, então, o plano de saúde oferecido não serve para as clínicas e hospitais da sua cidade. Assim, o produto perde valor e não gera nenhuma contribuição aos seus colaboradores, perdendo sentido em sua concessão.

Custo-benefício

Nós sabemos que qualidade tem um preço, mas do que adianta pagar um preço exorbitante por um serviço e, depois, perceber que o fornecedor não é confiável? Ou que tem possibilidade de cometer falhas? Assim como pagar um valor baixo e, por isso, não contar com um bom atendimento?

Dessa forma, avalie sempre o desempenho de seu fornecedor e a qualidade do serviço que está recebendo para ter certeza de que o valor que está pagando realmente compensa pelo trabalho que está recebendo. Caso não tenha um bom custo-benefício é sinal de que está na hora de buscar um novo parceiro.

Alinhamento

A imagem de uma empresa é construída por meio de sua visão, valores e posicionamento de mercado. Esses preceitos ajudam a formular os diferenciais estratégicos, a forma como se relaciona com os funcionários, como age perante os concorrentes e, também, como lida e contrata todos os seus fornecedores.

Dessa forma, é sempre interessante trabalhar com parceiros que tenham os mesmo princípios que os seus e uma visão de mercado alinhada com a sua. Esse processo evita que você entre em contradição entre a imagem que passa e o que realmente é a sua companhia, gerando mais valor para a sua marca.

Relação de confiança

A confiança é um item fundamental em qualquer relação de negócios. Não dá para construir uma parceria sólida sem que as partes envolvidas respeitem umas às outras. Quando há um relacionamento saudável entre você e o seu fornecedor, a qualidade do trabalho dá um salto e permite desenvolver melhores acordos comerciais.

Portanto, observe sempre como funcionam as tratativas com o seu fornecedor de benefícios. Caso haja confiança e a garantia de que esse relacionamento continuará a se desenvolver, então você tem um bom parceiro. Se acontece o contrário, então é sinal de que deve buscar uma nova opção no mercado.

Outros clientes

Esse é um passo importante no momento em que vai contratar um fornecedor. Mas também pode ser usado na hora de fazer a avaliação da prestação de serviço e verificar se o que está sendo entregue para você é realmente aquilo que o parceiro pode fazer de melhor. Conversar com outros clientes do fornecedor é sempre uma boa estratégia.

Há possibilidade, por exemplo, de que ele atenda como mais agilidade e presteza outros clientes, deixando a sua empresa em segundo plano. Ou, então, de que ele demonstre falhas ao atender todos os seus parceiros. Nesses dois casos, é possível observar a falta de comprometimento, o que indica a necessidade de buscar outro fornecedor.

Alternativas

Essa dica não está totalmente relacionada à avaliação da qualidade de prestação de serviço. Porém, é sempre importante contar com alternativas de parceiros caso o seu atual contrato de fornecimento de benefícios não funcione satisfatoriamente ou venha apresentar falhas operacionais e de atendimento.

Portanto, mapeie o mercado, confira as alternativas disponíveis, procure conhecer o trabalho de outras empresas e tenha sempre uma lista com possíveis fornecedores que possam substituir o seu atual. Isso evita problemas quando precisar trocar o parceiro e evita que não consiga cumprir os acordos com seus colaboradores.

A concessão de benefícios é um processo estratégico para as empresas, pois contribui com o bem-estar dos colaboradores, aumentando a sua motivação e melhorando as taxas de produtividade. Uma falha nesse processo pode ser responsável pela queda nos resultados de um negócio.

Portanto, na hora de contratar um fornecedor de benefícios, é preciso buscar empresas responsáveis e que entendam que o seu serviço é um elemento estratégico para os seus clientes. Exemplo disso é a VR Benefícios, que vem se destacando como a companhia do segmento com menor índice de queixas em sites especializados, como o Reclame Aqui.

Gostou deste artigo sobre como saber se contratou um bom fornecedor de benefícios? Então, não deixe de ler esse texto sobre como se relacionar com o seu prestador de serviços.