Escolher o ponto comercial ideal para sua empresa é de suma importância para garantir seu sucesso futuro. Isso se explica pelo fato de que é o lugar onde a organização está localizada que vai viabilizar ou não sua divulgação, a demanda de seus produtos ou serviços e a possibilidade de fidelização de seu público externo.

Por isso, quem deseja começar um negócio deve tomar certos tipos de cuidados ao determinar seu ponto comercial. Pensando na relevância desse tema, vamos expor, neste artigo, algumas dicas para que o gestor fique atento ao escolher a localização de sua companhia. Confira!

Pesquise várias opções

O primeiro passo para escolher seu ponto comercial é não se precipitar. Trabalhar a paciência é fundamental para agir com visão estratégica e com sabedoria. Por isso, pesquise várias opções antes de definir sua localização.

Conheça diferentes pontos da cidade, compare valores de aluguel, qualidade dos imóveis, experiências de antigos gestores que podem ter atuado nesse mesmo lugar, observe o grau de facilidade ou dificuldade para locomoção até o local e considere as opiniões de sua equipe.

Esses são os primeiros aspectos para ter uma visão sobre os lugares mais ou menos viáveis para começar um negócio, considerando seu ramo de atuação, seu time, suas condições financeiras e suas necessidades de conforto e facilidade de localização.

Faça uma pesquisa mercadológica

Muitos gestores pecam em se atentar somente à estrutura de seu negócio e não verificar se terá público na região em que está pretendendo começar sua atuação. Por isso, é muito importante que uma pesquisa mercadológica seja realizada.

Na pesquisa mercadológica você consegue mensurar a demanda que seu produto ou serviço tem no local, o quão relevante é seu ramo de atuação para os indivíduos que residem nessa região e quais são seus concorrentes mais fortes, além de descobrir se você tem oportunidades em relação a eles.

Conheça sua vizinhança

Conhecer sua vizinhança é mais um aspecto relevante para analisar o perfil de pessoas que podem ou não se interessar pelo seu trabalho e se sua empresa tem chances sobre os concorrentes do local.

Além disso, criar relações com sua vizinhança pode ser muito benéfico para auxiliar na divulgação de sua companhia, conquistar possíveis parcerias e troca de clientes. Dessa forma, sua corporação já inicia sendo bem vista pelas pessoas que residem na região em questão e a curiosidade sobre seus produtos ou serviços é ampliada.

Verifique a segurança do local

Para escolher seu ponto comercial, é fundamental que a segurança do local seja considerada. Muitas empresas perdem clientes por iniciar seus trabalhos em regiões que se apresentam mais vulneráveis, ou seja, lugares mais afastados de movimentação, com pouca iluminação e que tenham histórico de assaltos, agressões e demais transgressões à lei.

Logo, a menos que o seguimento de sua organização careça de lugares mais afastados, por conta de barulhos, emissão de gases ou outros motivos, opte por localizações mais seguras e, se possível, implante câmeras de segurança e contrate um profissional especializado em proteção.

Outro ponto a se considerar na verificação da segurança do local é observar se a região é sensível a catástrofes naturais, tais como enchentes, desabamentos de barranco ou da própria estrutura do imóvel. Isso vai evitar gastos futuros e a perda de clientes, além de preservar a integridade física dos indivíduos que vão compartilhar desse ambiente de trabalho.

Dê atenção à documentação do imóvel

Prestar atenção às questões legais é pré-requisito para dar início a qualquer negócio. Por isso, verifique a documentação do imóvel, note se há pendências financeiras, busque saber a experiências de pessoas que alugaram esse espaço antes de você e observe o grau de confiabilidade do indivíduo que está negociando o imóvel.

Além disso, lembre-se de nunca assinar um contrato sem ler cada parte para evitar se surpreender com informações futuras e para se resguardar caso haja imprevistos. Estar atento à documentação é extremamente importante para garantir que a empresa se mostre confiável e em dia com as determinações legais.

Observe a higiene do local

Outro aspecto que afasta os clientes é a falta de higiene. Por isso, antes de escolher seu ponto comercial, veja se a região é muito poluída, se há córregos ou depósitos de lixo por perto e se a rua fica constantemente suja, dificultando o acesso.

Isso é relevante porque dificilmente uma empresa ganhará credibilidade se localizada em lugares com cheiro ruim ou com aspecto sujo. As pessoas tendem a se afastar desses ambientes e a atribuir menos qualidades aos negócios atuantes nesses locais.

Não seja precipitado

Para escolher e se fixar em um ponto comercial, é imprescindível que o gestor e sua equipe não sejam precipitados. Se todos os passos foram cumpridos, se a demanda dos produtos ou serviços é alta, se o local é higiênico, seguro e de fácil acesso, o próximo passo é agir com calma e determinação.

Isso significa que, mesmo que os resultados não surjam de maneira muito rápida, é preciso ter paciência e dedicação para conquistar a confiança de seu público e atrair mais clientes com o tempo.

Mudar com muita frequência de ponto comercial, além de gerar gastos, pode transmitir a imagem de insegurança e instabilidade pela corporação. Por isso, atue de forma a expor inovação, criatividade e confiabilidade.

Ofereça inovação

Essa etapa complementa a anterior. Quando o público fica sabendo que uma nova corporação vai se instalar em sua região, é natural que fiquem curiosos e criem expectativas em relação ao serviço ou produto que será prestado.

Por isso, ao realizar seu plano de ação, considere o que foi aprendido com a pesquisa mercadológica e com as conversas informais com a vizinhança e busque atuar de modo a surpreender e garantir de forma inovadora ofertas que cubram as demandas da região.

Como vimos, seguindo dicas simples, é possível escolher o ponto comercial ideal para sua empresa, conquistar parcerias e um público de qualidade, além de contar com um local seguro e tranquilo para o seu negócio. É imprescindível que essa decisão seja tomada de maneira calma e estratégica. Dessa forma, a empresa já começa com pontos favoráveis que vão contribuir para a validação e consolidação de sua imagem no mercado.

E então, gostou do nosso post? Assine nossa newsletter e tenha acesso a mais conteúdos como esse!