Nem sempre é possível trabalhar perto de casa e, por isso, muitas pessoas acabam recorrendo a estabelecimentos alimentícios, como restaurantes e padarias, para se alimentar.

Os comércios, então, que aceitam remuneração do tipo vale-refeição acabam tendo mais uma opção de faturamento, mas como funciona o retorno de pagamento com vale-refeição?

Atualmente, esse benefício pode ser usado para custear refeições prontas em diferentes tipos de comércio. É uma excelente alternativa para os trabalhadores que precisam deslocar grandes distâncias para almoçar ou jantar em suas casas. Também é uma opção que traz mais comodidade para os seus usuários.

Já para as empresas do ramo de alimentação, esse é um mecanismo interessante para conquistar clientes e conseguir explorar outro tipo de público: os trabalhadores.

Com isso, podem diversificar o seu ramo de atuação, potencializar o seu faturamento mensal e contar com consumidores mais fiéis.

Afinal, os funcionários de uma companhia precisarão se alimentar diariamente e farão isso nos locais próximos ao trabalho e que aceitem o pagamento por meio do vale-refeição.

Essa característica facilita os processos de fidelização e representa uma vantagem estratégica para os estabelecimentos comerciais que aceitem o benefício.

Agora que você já sabe quais as vantagens de aceitar esse tipo de pagamento, que tal descobrir como funciona o retorno de pagamento com vale-refeição? É só acompanhar os próximos parágrafos!

Pagamento do vale-refeição

O vale-refeição é um benefício concedido pelas empresas aos seus colaboradores. Com ele, os trabalhadores podem fazer compras em padarias, lanchonetes, bares e restaurantes.

A sua concessão acontece por meio de um cartão e o estabelecimento que aceita receber esse tipo de pagamento é reembolsado depois.

Nos tópicos abaixo, explicamos as principais dúvidas que as empresas que aceitam esse tipo de benefício possam ter. Não deixe de conferir!

Como recebo o dinheiro do vale-refeição?

Após fazer vendas usando o cartão do vale-refeição, as empresas querem receber o dinheiro a que têm direito. Esse reembolso é feito por meio de uma operação bancária simples, assegurando que o estabelecimento receba todos os valores, a que tem direito, diretamente em sua conta e com o máximo de agilidade.

Para isso, é emitido um DOC/TED ou transferência direta para a conta corrente informada pela empresa parceira em seu cadastro.

Mas fique atento: a conta corrente deve ser jurídica e registrada no CNPJ do próprio estabelecimento. Caso não faça isso, o banco devolverá a transferência, impedindo assim o reembolso.

Qual o prazo para receber o reembolso do vale-refeição?

As vendas feitas por meio desse benefício são consolidadas a cada sete dias, dando esse prazo, o estabelecimento pode fazer o seu pedido de reembolso.

Esse pagamento é efetuado em até um dia útil após a solicitação, o que garante um recebimento ágil e seguro para os estabelecimentos que aceitam o vale-refeição.

Além disso, lanchonetes, bares, restaurantes, padarias e mercearias podem optar por programar uma data para que o reembolso seja efetuado em suas contas, permitindo maior controle dos valores a serem recebidos e controle das movimentações financeiras relacionadas aos pagamentos do vale-refeição, o que dá mais segurança para o empresário.

É cobrada alguma taxa para receber o dinheiro?

Assim como acontece em outros benefícios, são cobradas algumas taxas dos estabelecimentos que aceitam o vale-refeição. Há uma taxa de serviços estimada, assim como uma tarifa operacional. Por fim, também é cobrado uma anuidade que é calculada de acordo com o volume de reembolso.

Os valores da anuidade podem ser sofrer reajustes anuais conforme o índice IGPM que é divulgado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) ou outro indicador que venha a substituí-lo. Essas alterações serão sempre informadas para o estabelecimento para que ele possa se adequar à mudança.

Preciso fazer algum pedido ou o pagamento é feito de forma automática?

Existem duas formas de receber os pagamentos das vendas feitas pelo vale-refeição. A primeira delas é por meio de um pedido para a central, que fará o reembolso em até um dia útil após a solicitação. Dessa forma, é necessário que o estabelecimento procure o responsável pelo benefício.

A segunda forma é por meio do agendamento de pagamento. O estabelecimento indicará a data que prefere para receber o reembolso, o que acontecerá automaticamente no período especificado. Assim, não é necessário entrar em contato constantemente com o responsável pelo benefício para receber o pagamento.

Há, também, a possibilidade pedir uma antecipação do reembolso. O que permite receber esses valores em casos de necessidade e com mais agilidade.

Esse mecanismo é uma forma de dar um suporte ainda maior para os parceiros que aceitam receber o vale-refeição em seu estabelecimento alimentício.

Atendimento para as empresas que recebem vale-refeição

Aceitar pagamento por meio do vale-refeição pode trazer vantagens importantes para restaurantes, bares, lanchonetes, padarias, mercearias, dentre outros. Porém, para que não tenho problemas, é necessário trabalhar com empresas de benefícios que ofereçam total apoio para os estabelecimentos parceiros.

No mercado, existem diversos fornecedores de benefícios que contam com sistemas próprios para a concessão de vales e outras vantagens.

Entre elas a VR Benefícios, que conta com um modelo de atendimento eficiente para apoiar os estabelecimentos alimentícios que são seus parceiros.

Esse apoio é feito por uma central de atendimento para tirar todas as dúvidas dos comércios que aceitam vale-refeição, assim como oferece a possibilidade de reembolsar as vendas feitas por meio do benefício em até 24 horas ou programando uma data específica para que esse reembolso aconteça.

A VR Benefícios também permite que seus parceiros controlem todas as vendas feitas pelo vale-refeição de forma detalhada, aumentando o controle e a segurança do processo. Essa verificação é feita inteiramente online, com a utilização de uma página exclusiva para cada parceiro comercial.

Tudo isso permite que os comércios cadastrados para receber vale-refeição sintam-se seguros e resguardados, construindo um relacionamento sólido e que permita aos bares, restaurante e lanchonetes aproveitar as vantagens em receber suas vendas pelo benefício. Afinal, todo o apoio necessário nesse tipo de transação é fornecido.

Gostou deste artigo sobre como funciona o reembolso de pagamento com vale-refeição? Entre em contato com a VR Benefícios e saiba como podemos ajudar ainda mais!