Estabelecer metas e rotinas que priorizem a saúde do trabalhador, dentro e fora de seu ambiente de trabalho, tem se tornado cada vez mais relevante para as organizações.

Soluções que favoreçam o bem-estar do colaborador podem ser benéficas não só para eles, mas para a empresa como um todo.

Por meio do investimento na qualidade de vida do empregado, a produtividade aumenta e melhoram os resultados da corporação em seu mercado de atuação.

Além disso, a empresa contribui para a satisfação dos seus funcionários, o que os torna mais engajados e propenso a continuar produzindo cada vez mais e melhor.

Pensando na validade desse tema, neste artigo separamos algumas dicas para promover a saúde do trabalhador na sua empresa.

Mostramos também de que forma essas ações podem dar retornos positivos para o negócio. Quer manter os bons colaboradores perto de você e promover qualidade de vida para eles? Continue a leitura e confira.

Desenvolva uma cultura organizacional focada na saúde do trabalhador

Para melhorar a saúde do trabalhador, é fundamental que a corporação crie uma cultura voltada ao desenvolvimento do bem-estar do funcionário. Para isso é importante oferecer:

  • planos hospitalares e odontológicos;

  • encorajar o colaborador a fazer exercícios físicos e a tomar água;

  • incentivar a alimentação saudável;

  • oferecer condições ergonômicas de trabalho;

  • apoiar campanhas como o outubro rosa e o novembro azul;

  • oferecer palestras sobre saúde física e psicológica, entre outras medidas capazes de gerar uma postura mais ativa sobre os cuidados com o próprio organismo.

Incentive os momentos de pausa

O trabalho em excesso faz com que os colaboradores fiquem mais propensos a desenvolver doenças e a cometer erros. Por isso, oferecer pausas estratégicas e não permitir que o funcionário faça horas extras em demasia é uma medida fundamental para garantir a saúde do trabalhador e a qualidade do serviço.

Além disso, o funcionário se tornará mais comprometido com seu trabalho, pois vai notar que a organização se preocupa com seu bem-estar e não deseja que ele trabalhe incessantemente, mas sim que procure executar suas tarefas de forma cada vez mais eficiente.

Estabeleça horários de trabalho flexíveis

Existem três tipos de horários flexíveis de trabalho:

  1. A corporação tem um quadro de horários fixo e permite que o colaborador escolha o turno do dia em que deseja trabalhar.

  2. O empregado pode escolher o horário em que vai trabalhar durante a semana e deve seguir rigorosamente esse horário.

  3. O funcionário pode variar os dias e horários que vai ao trabalho, desde que cumpra a carga horária semanal, não importando o turno ou os dias em que vai atuar.

Oferecer a possibilidade de horário flexível é muito benéfico para a saúde dos funcionários. O colaborador sente-se mais motivado ao dispor de autonomia para escolher os melhores período de trabalho.

Isso gera mais foco e produtividade, pois ele pode se voltar totalmente para suas tarefas, sem se preocupar com compromissos que poderiam coincidir com o horário de trabalho.

Além do horário flexível, existe também a possibilidade do home office, em que é facultado ao o colaborador o cumprimento da jornada de trabalho por meio de um computador conectado à internet; geralmente na casa do funcionário ou em algum espaço de coworking.

Para implementar esse programa com sucesso, é fundamental que a empresa passe por um processo de adaptação cultural, de modo a orientar e direcionar o empregado para o cumprimento efetivo e eficiente da sua jornada de trabalho. O benefício do home office é a ampliação do conforto e da praticidade para que o indivíduo exerça sua função.

Incentive a atividade física e estimule check-ups periódicos

Como muitos profissionais passam a maior parte de seu tempo no ambiente corporativo, é muito comum que se tornem sedentários e negligenciem o cuidado com a saúde.

Por isso, é ideal implementar um programa de atividades físicas ou fazer parcerias com academias, para que o colaborador se sinta motivado e tenha condições de se exercitar.

O mesmo vale para os exames periódicos. Incentivar os funcionários a verificar o estado de sua saúde é muito válido para que eles criem uma rotina de responsabilidade com sua qualidade de vida e bem-estar.

Essas medidas são benéficas para a empresa, pois quando o profissional cuida de seu organismo, ele tende a gerar mais resultados, fazendo com que a produtividade e a qualidade do serviço aumente.

Cuide da saúde emocional

Além de prestar atenção na boa condição física, a saúde emocional também deve ser levada em conta. Em um mercado tão competitivo, a pressão do dia a dia pode fazer com que o profissional desenvolva um quadro de estresse, ansiedade, depressão, entre outras questões psíquicas que podem diminuir seu desenvolvimento e, até mesmo, impossibilitá-lo de atuar.

Para que isso não ocorra, é primordial realizar palestras sobre saúde mental, oferecer um plano de saúde que abranja o atendimento psicológico ou contratar um psicólogo do trabalho para realizar atendimentos na própria entidade.

Dessa forma, garante-se a disposição psicológica do indivíduo, para que ele tenha condições de apresentar bons resultados.

Garanta um ambiente de trabalho seguro

Atuar em ambientes insalubres gera extrema insatisfação e amplia o risco de acidentes, o que pode fazer com que a corporação corra o risco de ser responsabilizada legalmente pela ocorrência, entre seus funcionários, de doenças decorrentes do mau ambiente de trabalho.

Por isso, é muito importante:

  • garantir um ambiente de trabalho seguro;

  • fornecer os equipamentos de proteção necessários;

  • estar de acordo com as normas de saúde e segurança do trabalho;

  • Dispor de uma Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA).

Com isso, além de reduzir o risco de problemas legais, em relação à condições insalubres, a empresa previne acidentes e faz com que os profissionais se sintam seguros.

Isso é benéfico para a saúde e motivação dos funcionários, além de reduzir os passivos financeiros gerados com demandas trabalhistas ligados à questões de insalubridade.

Ao cuidar da saúde do trabalhador, a empresa promove maior engajamento dos funcionários, gerando maior produtividade e melhores resultados.

Mostrar ao colaborador que ele é valorizado, que a corporação se preocupa com seu bem-estar, cria uma relação de parceria e confiança entre empregado e empregador, que passam a atuar em conjunto visando o crescimento da empresa.

Após conhecer a importância de ações consistentes para promover melhores condições de saúde para os seus funcionários, que tal receber mais conteúdos atualizados sobre gestão de pessoas? Assine nossa newsletter, receba os artigos diretamente na sua caixa de e-mail e fique por dentro das novidades.