O sistema imune é bem complexo, como uma engrenagem, e é preciso que vários fatores se encaixem para que ele funcione perfeitamente. A defesa do organismo tem relação, inclusive, com o nosso estilo de vida e com a forma como cuidamos de nós mesmos.

Aliás, você sabe quais são os hábitos que ajudam a melhorar a imunidade? No artigo de hoje, reunimos 6 dicas que vão auxiliar você na missão de fortalecer seu organismo. Ficou curioso? Então, vamos lá!

1. Tenha uma alimentação saudável

A alimentação balanceada é uma das chaves para se ter mais saúde e qualidade de vida. Além de ajudar a manter o peso corporal e a prevenir doenças crônicas, como hipertensão e diabetes, ela é capaz de melhorar a imunidade, evitando que você contraia gripes ou resfriados, por exemplo.

O nosso organismo é como uma máquina, e precisa de combustível de boa qualidade para funcionar bem. Ou seja, quando nos alimentamos de maneira balanceada, todos os processos ocorrem da melhor maneira possível, inclusive os do sistema imunológico.

Proteínas, vitaminas e minerais são muito importantes para a produção das células de defesa. Esses nutrientes são encontrados em alimentos saudáveis, como frutas, verduras, legumes, carnes e ovos. Por isso, se você quer ter uma imunidade reforçada, deve adicionar ao cardápio itens naturais e reduzir o consumo de açúcar, gordura trans e química.

Alimentos que reforçam a imunidade

Além de uma alimentação rica em nutrientes, podemos apostar em alimentos com propriedades que melhoram a imunidade. Veja alguns deles:

  • frutas cítricas — são fonte de vitamina C, que evita o envelhecimento precoce das células de defesa;
  • ômega-3 — encontrado em peixes de águas frias, como atum e sardinha, no azeite de oliva extravirgem e nas sementes de chia e linhaça, ajuda no combate às infecções;
  • oleaginosas — castanhas, nozes, pistache, amêndoas etc. são um apanhado de nutrientes, como ômega-3, vitamina E, zinco e selênio, que fortalecem o sistema imune;
  • vegetais verde-escuros — o ácido fólico encontrado nesses alimentos é responsável pela manutenção das células de todo o corpo, incluindo as de imunidade.

2. Pratique atividades físicas regularmente

Sabemos que a prática regular de atividades físicas faz muito bem à saúde. Ela melhora o funcionamento do coração, previne doenças crônicas e ajuda a manter a boa forma, além de trazer a sensação de felicidade e bem-estar. Mas você sabia que ela também auxilia os nossos mecanismos de defesa? Isso acontece porque, com o movimento, a circulação do sangue é melhorada, levando as células de defesa por todo o corpo e deixando-as de prontidão para combater qualquer invasor.

3. Cuide da qualidade do seu sono

É enquanto dormimos que o organismo faz o “balanço” do dia e as reparações necessárias, como ao produzir células de defesa. Se não temos um repouso suficiente, o corpo fica agitado, em alerta. O resultado disso? Vários processos são prejudicados, como o de fortalecimento da defesa.

Sendo assim, para que o seu sistema imunológico funcione corretamente, também é preciso cuidar da qualidade do sono. Veja bem, isso não significa dormir por muitas horas, mas ter um descanso que, realmente, faça você se sentir renovado ao acordar.

4. Evite o estresse

O estresse é um dos maiores inimigos da imunidade. Já reparou que quem sofre dessa condição costuma ser mais suscetível a gripes, resfriados e outras doenças infecciosas? A explicação está no cortisol, que é um hormônio liberado sempre que precisamos estar em alerta, para ajudar na nossa sobrevivência.

No entanto, quando está em excesso no organismo, como em pessoas que sofrem de estresse, ele prejudica vários processos e desencadeia diversos problemas. Na imunidade, ele afeta a regulação do sistema imunológico. Portanto, tente evitar ao máximo as situações de estresse e tenha hábitos que ajudem nessa questão.

5. Redobre a atenção com a higiene

No dia a dia corrido, muitas vezes, esquecemos de hábitos de higiene simples e corriqueiros, como lavar as mãos depois de mexer com dinheiro, ao chegar em casa e após tocar em objetos em locais públicos. Saiba que esses costumes podem evitar a contaminação por vírus e bactérias. Confira, abaixo, algumas dicas:

  • lave as mãos sempre que necessário com água e sabão;
  • use o álcool em gel 70% como um aliado no combate aos agentes infecciosos. Você pode aplicá-lo nas mãos e em objetos que usa todos os dias, como teclado de computador e mesa de trabalho;
  • deixe os sapatos que usa na rua em um local reservado, separando um outro para usar exclusivamente dentro de casa;
  • ao tossir ou espirrar, proteja a boca com a parte de dentro do cotovelo, nunca com as mãos;
  • mantenha as roupas e calçados limpos e redobre a atenção à higiene da casa.

6. Tome sol

A vitamina D é um nutriente que pode ser encontrado nos alimentos, mas também é sintetizada pelo nosso corpo quando nos expomos ao sol. Além de ser importante para fixar o cálcio aos ossos, ela atua no fortalecimento do sistema imunológico.

Pessoas que trabalham em ambiente fechado e saem de casa muito cedo, voltando só à noite, podem sofrer pela falta dessa substância. Se esse é o seu caso, saiba que deixar os braços ao sol de 15 a 20 minutos, por exemplo, já é o suficiente para que o organismo consiga produzir essa vitamina. Um ponto de atenção é que isso deve ser feito sem qualquer tipo de proteção solar, mas você pode ficar tranquilo, porque esse tempo de exposição não prejudica a pele.

Como vimos, os hábitos que ajudam a melhorar a imunidade são aqueles que também constroem uma rotina saudável. Um dos principais é uma alimentação balanceada. Para isso, o VR Nutrição pode ajudar. O aplicativo conta com o trabalho de nutricionistas que elaboram cardápios equilibrados, dão dicas, tiram dúvidas e oferecem todo o suporte para que o usuário consiga desenvolver hábitos alimentares cada vez melhores.

Se você tem a vontade de entender de que maneira a alimentação pode aumentar a sua imunidade, aproveite que já está aqui no blog e saiba mais sobre o assunto!

exercício físicoPowered by Rock Convert