PRA SUA EMPRESA        ESTABELECIMENTO        PRA VOCÊ        VENDA VR        SITE VR        CONTRATE

VR_capa_blog_como_encontrar_candidatos_nas_redes_sociais_capa_03
VR_capa_blog_como_encontrar_candidatos_nas_redes_sociais_capa_03
fade

Redes Sociais: de que maneira elas podem auxiliar na hora das contratações?

Agora que tudo virou digital, as mídias passaram a ter uma outra função, além de conectar pessoas. Hoje, elas são responsáveis por auxiliar nas contratações e ajudar o departamento de recursos humanos a encontrar o candidato ideal pelas redes sociais.

Por isso, plataformas como o Facebook, Instagram e LinkedIn se tornaram aliadas quando o assunto é fazer a leitura do perfil de um candidato. Isso porque no mundo globalizado pós-pandemia, as entrevistas à distância acabaram ganhando força e se tornaram um ato comum dentro das empresas.

Sendo assim, saber mais sobre o estilo de vida e alguns hábitos pode ajudar na hora de encontrar a pessoa certa para a cadeira vaga. Claro, este não deve ser um ponto decisivo, mas pode fazer a diferença no momento da contratação.

Afinal, como as redes podem ajudar na busca pelo candidato ideal?

David L. Rogers aponta em “Transformação digital: Repensando o seu negócio para a era digital” que:

“A transformação digital não tem a ver com tecnologia – tem a ver com estratégia e novas maneiras de pensar. Transformar-se para a era digital exige que o negócio atualize sua mentalidade estratégica, muito mais que sua infraestrutura de TI. Essa verdade fica evidente na mudança de papéis do líder de tecnologia nas empresas. A função tradicional do executivo-chefe de informação era usar a tecnologia para otimizar processos, para reduzir riscos e para melhorar a gestão dos negócios existentes. A função emergente do executivo-chefe de atividades digitais é muito mais estratégica, focada no uso da tecnologia para reimaginar e reinventar o core business (negócio principal) em si”.

            Logo, mais do que acompanhar as evoluções tecnológicas, vale utilizá-las para estimular o desenvolvimento da companhia e apresentá-las como ferramentas para melhorar o dia a dia dos funcionários.

            Neste sentido, você pode usar com cautela e bom senso as redes sociais para garantir assertividade na hora da contratação. Portanto, avalie com o olhar mais crítico o que faz o candidato que pode passar a fazer parte do time.

            Além disso, aquelas fotos em projetos voluntários e envolvimento com outras causas sociais podem ter peso 2 na balança da aceitação. Isso mostra haver empatia, solidariedade e altruísmo na pessoa; o que pode agregar aos relacionamentos que serão construídos com outros colaboradores.

            Este universo pode ajudar a encontrar o candidato ideal pelas redes sociais quando o conjunto de coisas complementa as entrevistas. Se o cargo é de liderança, você pode observar quais são os lugares frequentados pelo candidato. Consequentemente, a relação com a bebida alcoólica também é ponto de atenção!

E se a rede for profissional?

            Por outro lado, o LinkedIn, por exemplo, pode mostrar com quais temas aquele perfil se relaciona, sua trajetória profissional e diz muito sobre estabilidade. Afinal, ninguém deseja contratar alguém que não tem o intuito de criar raízes ou que não vá se dedicar às funções.

Por se tratar de uma rede com outro viés, é possível analisar suas principais habilidades, indicações de antigos líderes ou subordinados e conferir sua apresentação para o mundo corporativo.

            Por fim, é importante dizer que qualquer funcionário que integre sua equipe acaba se tornando um porta-voz do seu negócio. Consequentemente, as suas ações podem interferir no clima organizacional dos times e prejudicar relacionamentos e produtividade.

Por isso, em todas as etapas do processo de contratação o cuidado e a atenção em níveis máximos são bem vindos!

Gostou destas dicas? Quer saber mais sobre como melhorar a sua rotina de trabalho e estimular sua equipe? Clique aqui e faça uma simulação gratuita.

Receba o conteúdo em primeira mão: