PRA SUA EMPRESA        ESTABELECIMENTO        PRA VOCÊ        VENDA VR        SITE VR        CONTRATE

grupo de amigos comendo pizza em restaurante conversando sobre vender vale-refeição
grupo de amigos comendo pizza em restaurante conversando sobre vender vale-refeição
fade

Dicas de como vender vale-refeição para empresas

Vender vale-refeição (VR) para empresas é uma tarefa que necessita de planejamento. Afinal, o VR não é obrigatório no ambiente corporativo, mas apresenta um diferencial enorme para a produtividade e a satisfação dos trabalhadores. Isso porque mantê-los na empresa engloba não só um bom salário, como também ótimos benefícios.

Ainda que estejam conscientes da importância do VR, muitos gestores ainda não estão habituados aos critérios e às prioridades na hora de contratar o cartão para os trabalhadores. Por isso, quando você for vender vale-refeição, a empresa precisa construir uma estratégia consultiva para manter o interesse dos clientes.

Quais são as vantagens do vale-refeição?

A busca por praticidade no mercado é sempre constante, independentemente do segmento. Ela se estende fora dos escritórios, alcançando o momento da alimentação também. Isto é, por não ter condições de se alimentar em casa, o trabalhador aproveita para fazer isso em restaurantes e lanchonetes próximas, durante o intervalo de almoço.

Neste ponto, entra o vale-refeição. Com os cartões da VR Benefícios, o trabalhador se sente livre para se alimentar onde quiser, tendo uma ampla rede de estabelecimentos à disposição. Assim, a empresa não precisa disponibilizar um espaço físico reservado para a alimentação.

Vender vale-refeição é como negociar um combo de benefícios não só para os trabalhadores, mas para toda a empresa. São mais de 400 mil estabelecimentos credenciados. Os colaboradores podem até utilizar o cartão em viagens de trabalho.

Para isso, basta que o saldo mensal seja disponibilizado automaticamente no cartão. O valor é definido pela empresa e serve exclusivamente para a alimentação do colaborador. Caso o saldo não seja completamente utilizado, acumula no mês seguinte.

Além disso, a empresa que adota os cartões VR Benefícios evita os riscos trabalhistas que teria caso optasse pelo pagamento de refeições em dinheiro. Ela também se beneficia com a isenção de encargos previdenciários e sociais (INSS e FGTS) que recaem sobre o valor pago no cartão. Viu como é bom vender VR?

Saiba como abordar o vale-refeição durante a venda!

Não há restrições de empresas! Todas podem usar os serviços do vale-refeição. Por esse motivo, a estratégia para gerar a compra de VR precisa exaltar todos os benefícios e diferenciais do cartão, aumentando as chances de fechar negócio.

Traga valores de mercado

Para vender vale-refeição com uma proposta completa, comece citando que as tarifas da facilitadora são as mais baixas do mercado. Deixe tudo esquematizado para comprovar os argumentos: compare os orçamentos entre os concorrentes e mostre a eficiência operacional da VR Benefícios.

A partir disso, é possível mostrar que essa eficiência é superior em diversos aspectos. Ela permite principalmente processos mais automatizados e de baixo custo. Citar esse detalhe é sempre importante. Assim, o empregador já tem em mente que o valor gasto não será exorbitante.

Acompanhamento e atendimento

Para saber como vender vale-refeição, deixe claro que o cliente terá acesso a um acompanhamento avançado na implantação das soluções adquiridas. Com a VR Benefícios, o empregador terá disponível uma plataforma de benefícios, controlando a gestão de pedidos, saldo, cartões e muito mais.

A VR Benefícios pensa no conforto e na praticidade do cliente ao vender vale-refeição. Por isso, caso seja necessário, ele pode requisitar uma visita presencial em caso de demandas específicas, garantindo a satisfação e tendo certeza da parceria com a empresa.

Aplicativo

Vale ressaltar a existência do aplicativo VR e VOCÊ da VR Benefícios. A partir dele, os trabalhadores do empregador também terão praticidade durante o dia a dia. Ele permite com que os usuários acompanhem o saldo e o extrato, além de checar promoções e indicações de estabelecimentos na redondeza.

Adesão

Quem não gosta de um processo sem burocracias? A VR Benefícios oferece adesão feita de imediato, com contratação 100% automatizada. Dessa forma, a cotação dos valores é mais rápida, e o RH não fica sobrecarregado ao deixar os trabalhador usarem os benefícios.

O que o trabalhador não pode fazer?

Ao conversar com o cliente, é importante deixar claro que vender VR é crime por parte dos trabalhadores. Essa prática é proibida por lei e motivo de demissão por justa causa, pois é considerada um desvio da finalidade do benefício.

Vender vale-refeição é prejudicial para o trabalhador, pois, além de ser demitido, ele perde o direito ao saque do FGTS, ao seguro-desemprego e ao aviso prévio indenizado.

Conte com a VR Benefícios!

Agora que você já sabe vender vale-refeição, o que está esperando para realizar o seu cadastro e se tornar um parceiro? Com a VR Benefícios, é possível garantir o VR e o VA (vale-alimentação). Saiba tudo sobre ele visitando o nosso site!

Receba o conteúdo em primeira mão: